Bonecas negras inspiradas em grandes mulheres africanas

Ok, vamos ser realistas: as vitrines das lojas de brinquedos infantis não estão cheias de bonecas negras. Os quartos das raparigas não estão cheios de bonecas negras. As publicidades na televisão não estão a mostrar muitas bonecas negras. Mas por quê?

Talvez porque a Barbie ocupa todo o espaço. Talvez porque até as crianças negras aprenderam a prefir as bonecas brancas. Ou talvez porque poucas pessoas tem a visão de Taofik Okoya, um empreendedor nigeriano que está a revolucionar o mercado de bonecas no seu país.

Depois de tentar comprar um presente para a sobrinha e perceber que a maioria das bonecas eram “brancas” e muito caras, Okoya refletiu sobre a influência desta questão no desenvolvimento da criança africana. Ele percebeu que a própria filha tinha muitas bonecas brancas, que as suas personagens preferidas eram brancas e que tudo isto contribuia para que a filha tivesse uma preferência pela cor de pele branca.

A partir de então, Okaya decidiu abandonar o emprego que tinha para dedicar-se à fabricação de bonecas, num projeto que chamou de Queens of Africa (Rainhas da África). As bonecas de Okaya são inspiradas em mulheres icónicas do continente africano e pretendem gerar nas crianças o orgulho de ser negras e fazerem parte da cultura africana.

Mas independente do empreendimento deste nigeriano, o assunto é extremamente pertinente para uma profunda reflexão individual sobre o futuro da criança africana em relação ao consumo exacerbado do “estrangeirismo” e suas implicações, não achas?

Confere algumas fotos e, se puderes, deixa um comentário! 😉

bonecas-3

bonecas-1 bonecas-2

Via | Fotos: Facebook, REUTERS/Akintunde Akinleye

More from Zeca de Oliveira

Artista canadense cria série de ilustrações inspiradas em mulheres africanas

Os desenhos criados pela artista visual canadense (ou canadiana, se preferires) Sara Golish, são verdadeiramente lindos....
Read More