Projeto empreendedor no Quénia transforma chinelos deixados na praia em arte

Toda gente sabe que o impacto causado pelo lixo deixado nas praias e jogado ao mar é inestimável. É verdade que muitos recolhem o seu próprio lixo e contribuem para a limpeza nos oceanos, mas a quantidade de pessoas que não fazem isso é tão maior, que fica difícil controlar esta problemática.

Eu já vi diversos projetos de movimentação social para limpeza na praia, mas o projecto Ocean Sole, da conservacionista marinha Julia Church, nascida e criada no Quénia, chamou a minha atenção por focar a recolha de lixo num material que posteriormente é transformado em arte: chinelos de borracha.

O projeto de Julia consiste em recolher as sandalhas, transformá-las em peças artesanais que, posteriormente, são vendidas não só no Quénia, mas também em países como Estados Unidos e Canadá. Além do serviço social prestado pela ideia empreendedora por trás do projeto ao recolher lixo nas praias, as pessoas que compram os produtos são convidadas a tomar consciência sobre a questão.

Confere algumas imagens e visita a página Ocean Sole no facebook.

chinelos-10 chinelos-9 chinelos-8 chinelos-7 chinelos-6 chinelos-5 chinelos-4 chinelos-3 chinelos-2 chinelos-1

Fotos: ©Ben Curtis

More from Zeca de Oliveira

Natron: o misterioso lago na Tanzania que transforma animais em pedra

O Lago Natron é um dos ambientes mais inóspitos da Tanzania. Com...
Read More