Projeto pretende ensinar fotografia a crianças dos subúrbios de Nairóbi

myfirstcamera7“Acredito que a fotografia pode abrir a porta para os sonhos”. A luso-moldava Natalia Jidovanu crê no poder da arte da imagem para ajudar a iniciar a mudança da realidade de Kibera, bairro suburbano de Nairóbi, capital do Quênia, considerada a maior comunidade de lata da África. Com isto em mente, ela idealizou o projeto colaborativo “My First Camera”, que tem como objetivo final “ensinar crianças a operar máquinas fotográficas como uma ferramenta, para interpretar imagens e entender o poder da fotografia em levar mensagens, envolver e mobilizar as pessoas, e para o avanço da mudança social”. A fotografia leva as pessoas à reflexão, desenvolve a curiosidade e a criatividade; elementos primordiais para impulsionar importantes transformações. Através das imagens, as crianças poderão expor o seu modo de vida e ensinar outros como contar também a sua história.

O objetivo final do projeto é “criar uma coleção de fotografias feitas pelas crianças será reunida em um livro de imagens e galerias de exposições, que serão usadas para chamar a atenção para a forma como os direitos dessas crianças podem ser melhorados”. Quem quiser colaborar financeiramente pode ter mais informações aqui. 

 

 

More from Fernando Almeida

Drogba: um astro do futebol africano em filme 3D contra a malária

“Sim, a luta contra a malária pode ser vencida”. Imagina uma doença...
Read More