Artista sul-africano utiliza missangas para falar do comércio internacional de armas

Enquanto o teu café esfria em cima da mesa, provavelmente algum africano tem uma arma apontada para a cabeça e está à beira da morte. Nem toda a gente sabe, mas estima-se que dos 500 milhões de  armamentos leves em circulação em todo o mundo, 100 milhões encontram-se em África. É um número cruel.

Para ajudar a colocar o assunto em pauta, o cineasta e artista sul-africano Ralph Ziman, decidiu usar duas coisas básicas: criatividade e missangas. Ele criou, além de diversas instalações artísticas, uma provocativa série fotográfica sob o tema “Comércio Internacional de Armas” .

O projeto foi chamado de “Ghosts” e contou com cerca de 200 estruturas que trazem fuzis AK-47 e munições feitas com missangas. Para a produção das peças, Zimam contratou a ajuda de 6 artesões zimbabueanos refugiados em Joannesburgo, cujos quais conheceu num período em que viveu por lá.

Desfruta das imagens e deixa o teu comentário sobre tema.

©ralph-ziman-2 ©ralph-ziman-3 ©ralph-ziman-4 ©ralph-ziman-5 ©ralph-ziman-6 ©ralph-ziman-7 ©ralph-ziman-8 ©ralph-ziman-9 ©ralph-ziman-10

ralph_guns_02-w750 ralph_guns_06-w750 ralph_guns_11-w750 ralph_guns_13-w750

Via

More from Zeca de Oliveira
Artista canadense cria série de ilustrações inspiradas em mulheres africanas
Os desenhos criados pela artista visual canadense (ou canadiana, se preferires) Sara Golish, são verdadeiramente lindos....
Read More
0 replies on “Artista sul-africano utiliza missangas para falar do comércio internacional de armas”